Quinto dia de avaliações fecha semana dos árbitros paulistas

São Paulo, SP, 07/04 - Os árbitros que fazem parte do Quadro Paulista realizaram mais um dia de avaliações físicas programadas pela Comissão Estadual de Arbitragem. Nesta sexta-feira, o quinto dia de testes, três grupos de árbitros foram divididos para definirem suas situações de aptidão para o Campeonato Paulista da Segunda Divisão, de Categorias de Base e Copa Paulista. Como fez durante toda a semana, o presidente Arthur Alves Júnior esteve presente no local para desejar boa sorte aos associados e colocar à disposição a estrutura da entidade.

"Estamos acompanhando as avaliações em um local excelente. O Sindicato está presente e deixamos o Dirceu, que é nosso massagista, à disposição dos associados. O Sindicato está colocando para vocês as frutas. As barrinhas de cereais, água, bolachinhas, ambulância, corpo médico é da Federação. A preparação física, quanto mais aprovação melhor. É isso que os instrutores querem, afinal o trabalho deles é reconhecido. Tivemos pouquissimas reprovações. Vejo aqui vocês muito bem fisicamente. Desejo felicidades e sorte a todos, além de um excelente campeonato. Nossas reuniões no Sindicato estão abertas para vocês. Deem sugestões. Estou lá todo dia à disposição de vocês. Felicidades", falou o presidente do SAFESP.

Clique aqui e veja o vídeo de mais um dia de avaliações físicas dos árbitros em Jundiaí (SP)

As avaliações, assim como aconteceu durante toda a semana, tiveram baixo índice de reprovação, o que deixou os instrutores da Federação Paulista de Futebol animados e com a certeza de que os árbitros fizeram suas lições de casa, treinando e se preparando para os testes."

A gente teve um índice bem bacana de aprovação. Cada vez mais a gente tenta dentro do trabalho embutir a ideia que é essencial para o árbitro estar bem preparado fisicamente, para que ele possa atingir todo seu potencial técnico. Isso é demonstrado nos resultados dos testes que a gente vem aplicando durante a semana. Tivemos problemas apenas com árbitros que já vem com probelmas crônicos e que tem uma certa dificuldade principalmente com relação a peso. E aí vai muito da questão social e deles fora da arbitragem. Isso fica um pouco difícil de corrigir só com treinamento. E um ou outro caso de algum árbitro que sentiu algum desconforto ou lesão. Mesmo com estes casos o índice de reprovação foi pequeno, deixando um aproveitamento muito bom", falou Felipe Biazotto.



Ao final do dia os árbitros também demonstraram sua alegria, já que a maioria atingiu suas metas. Os que não conseguiram foram por problemas inesperados de lesões ou por estarem atravessando problemas particulares, o que influi no psicológico. Poucos foram reprovados por não estarem fisicamente preparados. Édilar Maria Ferreira, única mulher a fazer o teste nesta sexta-feira, foi a última a entrar na pista do Bolão e buscar sua aptidão.

"A gente sabe que este teste aqui é para o ano inteiro. Poderemos ser escalados o ano inteiro e por isso a gente treina bastante, se esforça bastate, para chegar aqui e arrebentar. Essa primeira parte dos testes a maioria dos árbitros tiram de letra. Acho que o índice de reprovação é baixinho ou só por contusão. Tá todo tá mundo está bem e acredito que vão passar", falou Lucas Molas e Dias.

Única mulher a realizar no teste na terceira turma do dia, Édilar Maria Ferreira falou sobre realizá-lo sozinha.

"Já estou acostumada, adaptada a treinar sozinha. Nos meus treinamentos em São José dos Campos, sempre treino sozinha e até acho mais prático porque não tem ninguém tropeçando em mim, então é mais tranquilo. Como já estou adaptada, acho que não vou sentir dificuldades. Para fazer o teste acredito que precisamos dormir bem, boa alimentação e treinar. O segredo é treinar, principalmente nas semanas que antecedem o teste. Se estivermos preparados fisicamente, o psicológico a gente dribla", falou a árbitra.



ENQUETE

Árbitro de Futebol, Prestador de Serviço Autonômo, o que NECESSITA melhorar no exercicio de nossa profissão ?

SEGURANÇA
TAXAS, DIARIAS, PASSAGENS , RECOLHIMENTOS DO INSS
CONDIÇÕES DE TRABALHO (CAMPO DE JOGO, VESTIARIOS , UNIFORMES )
ATUALIZAÇÕES DAS REGRAS DE JOGO
Resultados

TEMPO