Árbitros fazem mais um teste físico na cidade de Jundiaí

São Paulo, SP, 10/05 – Os árbitros e assistentes que fazem parte do Quadro Paulista de Arbitragem (foto acima) e que não puderam participar dos testes físicos realizados no mês de março por estarem escalados e assim impossibilitados de participar, estiveram na tarde e noite desta quinta-feira, 09, no Centro Esportivo Dr. Nicolino de Luca, em Jundiaí, para realizar o teste. Com excelente preparo e convicção do que queriam, todos conquistaram suas habilitações ao Quadro e, portanto, ficam agora apenas aguardando as escalas de trabalho.

“Graças a deus mais um teste completado. Acho que o dia a dia nosso, toda a estrutura de treinamento, toda a e periodização que a gente faz é colocada em prática nestes testes. Eu digo que a gente treina por jogo e se a gente treina pro jogo, vem para o teste físico e passa sobrando . Acho q conquista da gente vem de nosso dia a dia. Quanto mais a gente trabalha, mas persiste por aquilo, mais a gente tem a possibilidade de alcançar nosso objetivo”, falou João Vitor Gobi

“Essa prova física é mais uma etapa que a gente tem. Semestralmente somos obrigados a cumprir estes testes tanto os teóricos como físicos e mais uma vez obtivemos êxito de toda a equipe. Isso é importante. Aqui a gente é unido, é um grupo que torce para todo mundo passar e consequentemente para poder trabalhar”, explicou Humberto José Júnior.

Comissão Estadual
Estiveram presentes observando boa parte dos testes o vice-presidente da Comissão Estadual de Arbitragem do futebol paulista, Roberto Perassi (foto abaixo), e o Membro da Comissão, Márcio Verri Brandão, para dar aquela força aos árbitros e acompanhar de perto o trabalho efetuado.

“Todo teste que é feito ele demonstra a condição do árbitro naquele momento fisicamente. Hoje como a exigência física é cada vez maior para o árbitro, os testes são importante para o próprio árbitro entender e saber qual a condição atual que ele está e também para o departamento de arbitragem saber como estão seus árbitros fisicamente”, falou o vice-presidente da Comissão Estadual.



ENQUETE

Árbitro de Futebol, Prestador de Serviço Autonômo, o que NECESSITA melhorar no exercicio de nossa profissão ?

SEGURANÇA
TAXAS, DIARIAS, PASSAGENS , RECOLHIMENTOS DO INSS
CONDIÇÕES DE TRABALHO (CAMPO DE JOGO, VESTIARIOS , UNIFORMES )
ATUALIZAÇÕES DAS REGRAS DE JOGO
Resultados

TEMPO